ARQUITETURA DO PROJETO

Estrutura da fundação

Organização Estrutural do Time de Movimento Global do TRL

1) Comunidade de Tradutores Voluntários

  • 2 diretores + assistentes

  • 14 “Coordenadores de Línguas Globais” + assistentes. CLGs são responsáveis por trabalharem com tradutores no mundo inteiro

  • ~80-200 “Coordenadores de Línguas Locais”

 

O objetivo global da Comunidade de Tradutores do TRL:  emular o sucesso do documento traduzido para o maior número de línguas na história, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, em termos de quantidades de línguas a ser traduzido.

2) “Implementação” do movimento de voluntários

   5 Coordenadores Globais

  • Organização das Nações Unidas (Global)

  • Europa: Conselho da Europa (Tribunal Europeu de Direitos Humanos)

  • Americas: Organização dos Estados Americanos (o sistema inter-Americano para a proteção de direitos humanos)

  • Africa: União Africana (Comissão Africana para os direitos humanos e Tribunal Africano dos direitos dos cidadões)

  • Asia e Pacífico, incluindo o Oeste Asiático

 

  15 Facilitadores das Linhas Regionais:

  • Organização das Nações Unidas (regional) (4)

  • Acordos internacionais, a nível universal (4)

  • Acordos internacionais, a nível regional (3)

  • Aplicação nacional de instrumentos da  ‘Lei Branda’ (4)

 

   Mais de 200 Coordenadores locais em todos os países

 

Objetivo global: manter informações atualizadas para mais de 200 países nas seguintes áreas

  • A filiação de organizações internacionais e regionais

  • O cumprimento e/ou violações de acordos  internacionais num nível universal e regional

  • A aplicação nacional de instrumentos de ‘Lei Branda’

  • A implementação de recomendações e regras dadas por corpos judiciais e semi-judiciais de níveis internacionais e regionais, including o comitê de Tratados das Nações Unidas, assim como afirmações e recomendações feito pelos Relatores Especiais das Nações Unidas

Um número exato de renda básica para todos os países do mundo, conforme os algoritmos do  “Token da Paz"

3) Aliança TRL: Comunidade Global de Pesquisa

  • 3 coordenadores e assistentes nos seguintes departamentos: Humanismo, Direitos e Liberdades, e Economia

  • 12 Coordenadores de Associação [com o foco em religião, gênero, e igualdade racial; desigualdade global e pobreza; migração; compromisso civil; jornalistas e ativistas; Economia 4.0

  • 4 Coordenadores de Departamento Especiais: Indústria Espacial; Medicina (Cuidados à Saúde); Educação; Demografia

 

Critério de Avaliação de Desempenho:

  1. Rastreamento de análise de grandes mudanças  (incluindo consequências negativas) para todos os aspectos da vida da humanidade devido à emergencia do algoritmo TRL

  2. O melhoramento global da situação nas áreas de responsabilidade de acordo com relatórios independentes, assim como o aumento geral das taxas TRL, não a curto prazo, mas a longo prazo.

 

     Dentro da estrutura do Memorando de Entendimento do TRL, acordos preliminares serão feitos entre a Fundação Global do TRL e seus parceiros, que compartilham os mesmo valores de humanismo e direitos e liberdades, assim como a implementação e desenvolvimentos da Economia 4.0

     Os diretores dos diversos departamentos de Alianças TRL auxiliam na conclusão dos memorandos com essas organizações que trabalham dentro da suas esferas de responsabilidade.

A Formação e Movimento Globais do TRL

     Todas as despesas das cripto-carteiras do TRL serão controladas por um filtro de transação com o objetivo de impedir o gasto com mercadorias que são categorizadas como ilegais entre os países de distribuição do TRL. Um conjunto de companhias-parceiras que aceitam TRL como meio de pagamento também será criado. Nós esperamos que isso ajudará a cadeia de industrias a conquistar o mundo de uma maneira rápida.

CIDADELA TRL. Centro de Análise e Distribuição

Os parâmetros que definem as flutuações de preço e pagamentos do TRL

1) Um parâmetro universal de longo prazo que participa na formação na associação principal do TRL. Os valores determinantes quando formando essa associação do TRL são aqueles dados pelas organizações de liderança no mundo quanto aos direitos humanos.
2) O segundo parâmetro reage em tempo real às mudanças das situações de direitos e liberdades num regime que tem efeito de curta duração e é flexível. Isso é essencial para uma solução instantânea para poder colocar pressão em ações ilegais contra os grupos de especialistas mais vulneráveis de um país, nos quais eles estão menos protegidos. Nesse regime de tempo real, existirá um algoritmo para análise de notícias que será usado, o que imediatamente aparecerá nos recursos de notícias dos nossos parceiros.

A Influência Global do TRL.

     A renda base incondicional paga em cripto-moeda TRL é baseada na média de salário mensal (valor líquido) e o nível de direitos e liberdades. O total (caso contrário mudança fixa de preço) de cripto-moeda TRL é produzida na base dos seguintes valores: 40% da média do salário mensal oficial no país distribuindo o TRL. A inclusão do salário do TRL dos cidadões nos dados estatísticos da média salarial mensal está proibída.
     Devido às numerosas diferenças entre os pobres e os ricos nos países do mundo, o algoritmo do TRL terá a seguinte regra: todas as pessoas que recebem o total do TRL e é cidadão de um dos 35 Estados com maior índice de cumprimento dos direitos e liberdades (como regra esses são os países mais ricos), terão 20% dos seus benefícios TRL reduzidos automaticamente e esse valor correspondente será transferido para o Fundo de Caridades TRL. Esse fundo será usado para o desenvolvimentos dos países que se encontram abaixo dos 99 percentil no ranking de direitos e liberdades. Os restantes 75% desse valor (subtraídos daqueles em

países com índice no ranking dos primeiros 35) serão distribuídos pelo Fundo

de Caridade TRL como doações para organizações não-governamentais que

trabalham para ajuda de países que estão no ranking

dos 99 percentil. Todas as transações serão via

“blockchain” e as informações sobre os valores e

recipientes serão disponíveis publicamente

     Todo cidadão recebedor do auxilio do TRL pode voluntariamente doar esse montante (or parte dele) para caridade. Para previnir o financiamento de organizações ilegais, todas as operações serão realizadas pela Fundação Global do TRL. Porém o recebedor do fundo tem o direito de especificar a organização que deseja destinar sua doação. Para poder receber as doações pelo TRL ,as ONGs deverão primeiramente enviar um documento de registro através do sistema do Fundo de Caridade ERL e passar por verificações e validações legais para obter o status de organização-parceira do programa de caridade do TRL

Traduzido pelo amigo Pro Bono do TRL Patricia Pinto Cesar

© 2018-2020 TRL GLOBAL FOUNDATION